Acessibilidade
A+
Aumentar Fontes
A-
Diminuir Fontes

Inverter Cores

Tons de Cinza

Trocar Cursor
Voltar
Confira as Últimas Notícias
30/07/2021 - Proprietários explicam fechamento de estrada
Recentemente interditada, a chamada estrada da caixa d’água, que ligava a sede do município às comunidades Ponte do Iratim, Engenho Velho, Marcon e outras, causou polêmica e revolta por parte de algumas pessoas, incluindo autoridades eleitas, que se manifestaram em suas redes sociais contrárias ao fechamento e acusando o atual governo municipal de ter realizado a ação sem planejamento. Por isso, o prefeito Jandir Bandiera convidou os proprietários das terras onde passam a antiga e a nova estrada, os senhores Roque e Marcos Ferronatto e o casal José Ferreira de Almeida e Emília Lago de Almeida, para dar explicações à população.             “Nada melhor do que eles para esclarecer à nossa população e rebater os boatos que estão falando, sem ter certeza ou conferir a documentação a respeito da negociação com a gestão passada. Eles têm um acordo e nós vamos dar validade”, comenta o prefeito Jandir Bandiera.             Segundo os proprietários, o acordo foi feito na gestão anterior, onde a ex-prefeita os chamou ao gabinete para negociarem a abertura da nova estrada, que dá acesso da sede à Vila Rural Alberto Carraro, beneficiando mais de 60 famílias. “Foi feito um acordo sobre a estrada que ia para o Iratim. Eu fui chamado aqui na prefeitura para fazer uma negociação, para abrir uma estrada e fechar a outra. E assim foi feito”, conta Roque Ferronatto.             Para o ex-prefeito de Palmas, José Ferreira de Almeida (Zeca), a abertura da nova estrada tinha como intenção favorecer um maior número de pessoas, facilitando o acesso dos moradores da Vila Rural ao perímetro urbano. “Nós concordamos com a família Ferronatto para viabilizar a abertura dessa segunda estrada para favorecer o pessoal da Vila Rural, uma vez que não atrapalharia em nada o trânsito, já que a finalidade era a mesma. E assim a prefeitura fez: abriu a estrada e depois de concluída fechou a outra, cumprindo um acordo que nós fizemos no passado”. Almeida destaca, ainda, que nada foi cobrado dos cofres públicos, sendo a única intenção favorecer os moradores locais, socializar a região e facilitar a vida das pessoas. “Estranhamos que alguém esteja questionando isso aí, uma vez que não altera em praticamente nada o trajeto. Nós não queremos indenização, mas apenas que seja cumprido o acordo já estabelecido”, enfatiza Zeca Almeida.             A servidão de passagem da estrada fechada, de acordo com dona Emília, havia sido feita de maneira totalmente gratuita, há aproximadamente 20 anos, e, desde o início era para ter sido onde o novo trajeto foi aberto. “Nós atendemos a um pedido dos moradores da Vila Rural para um acesso melhor, porque a gente sempre via famílias passando no meio de gado, correndo perigo, e mereciam ter acesso digno. Essa estrada foi doada, totalmente de graça, pelo amor que temos a essa terra”, conta a ex-vice-prefeita de Coronel Domingos Soares. “Agradecemos ao senhor prefeito, que merece os parabéns porque está continuando um compromisso de gestões anteriores, que poucas vezes se vê isso. Tudo o que foi doado nessa estrada foi feito com maior carinho e maior respeito pelo povo de Coronel Domingos Soares”, completa dona Emília.             Presente na reunião, o presidente da Câmara de Vereadores, Valdir Castanha, falou de algumas funções do vereador, que, segundo ele, são buscar informações na fonte e fiscalizar. “Agradeço a oportunidade de poder ouvir as famílias que doaram o acesso da nova estrada. Buscando essas informações poderemos fazer um debate no Poder Legislativo que possa levar transparência, a verdade, sem fake news”, ressalta.             A prefeitura de Coronel Domingos Soares pede a compreensão e colaboração dos moradores, visto que apenas foi cumprido um compromisso administrativo que teve início em 2016, e a nova estrada já está beneficiando e proporcionando mais segurança e agilidade a muito mais gente. “O que for correto e justo nós sempre vamos defender, e o que não ajudar a nossa população e for contra os nossos ideais e o desenvolvimento do nosso município vamos nos manifestar e buscar meios para resolver”, conclui o prefeito Bandiera.
29/07/2021 - Nota Fiscal de Serviços Eletrônica passará a ser obrigatória a partir de 1º de novembro
Considerando a necessidade de adequar a sistemática de arrecadação, disciplinar os serviços e procedimentos internos da Administração Fazendária em relação aos contribuintes do ISS, sujeitos à obrigatoriedade de uso da NFS-e (Nota Fiscal de Serviços Eletrônica), foi publicado nesta quinta-feira, 29, o Decreto nº093/2021, que regula o aperfeiçoamento do fluxo de implantação do sistema de geração de Nota Fiscal Eletrônica de prestação de serviços.O presente documento fixa a data de 1º de Novembro de 2021 para que todos os prestadores de serviços de Coronel Domingos Soares passem a utilizar a Nota Fiscal Eletrônica, que será disponibilizada no site da prefeitura (www.pmcds.pr.gov.br), conforme os artigos 746 a 792 da Lei Complementar Municipal 03/2018.A partir dessa data, todas as notas fiscais de prestação de serviços emitidas de outra forma que não sejam as regulamentadas pela municipalidade em seu formato eletrônico serão consideradas nulas.Desta forma, ainda restam três meses para a adequação ao novo sistema e efetivação do presente decreto. As dúvidas podem ser sanadas por profissionais de contabilidade e pelo setor de Tributação da prefeitura, que orientará o passo a passo para a emissão da NFS-e.A nota fiscal eletrônica tem validade em todos os estados da Federação e já é uma realidade na legislação brasileira desde outubro de 2005, com a aprovação do Ajuste SINIEF 07/05 que instituiu nacionalmente a Nota Fiscal Eletrônica e o Documento Auxiliar da Nota Fiscal Eletrônica - DANFE.
28/07/2021 - Prefeitura orienta sobre uso de parquinho
O Comitê Gestor do Plano de Prevenção e Contingenciamento em Saúde/Covid-19, presidido pelo prefeito Jandir Bandiera, recentemente flexibilizou algumas medidas em relação às restrições de prevenção do novo coronavírus. Entre elas, a permissão para utilização do novo parquinho da praça municipal, com agendamento prévio e uso obrigatório de máscara, por exemplo. Porém, nos últimos dias foi percebido que algumas pessoas não estão respeitando a obrigatoriedade do uso de máscara, a qual continua em todo o território domingosoarense. Além disso, um dos brinquedos já teve uma peça quebrada e arrancada. Trata-se de uma "bandeirinha", existente no topo do telhado de todos os brinquedos. "A gente fica triste em ver que, depois de tanto tempo impedidos de brincar no parquinho novo, agora que têm oportunidade alguns estão desrespeitando o decreto e quebrando os brinquedos", comenta a chefe de gabinete, Cristiana Neves de Oliveira, ressaltando que danificar bens públicos é caracterizado como vandalismo, passível de sanções penais. “É dinheiro público que é investido e todos temos o dever de cuidar”, enfatiza. Sendo assim, o Comitê Gestor e a Prefeitura lembram que, em caso de descumprimento do decreto vigente novas medidas poderão ser tomadas, como o fechamento do parquinho e a proibição de uso dos brinquedos por tempo indeterminado. Por isso, pede-se a compreensão e a colaboração de todos os usuários, e o respeito às normas estabelecidas, as quais têm o objetivo de prevenir a propagação da Covid-19 no município. As recomendações também se estendem aos usuários do playground do Meu Campinho, do ginásio municipal de esportes e dos campos municipais. “Todos devem usar máscara e evitar aglomerações. Se essas simples atitudes forem respeitadas logo poderemos voltar à vida normal”, conclui Cristiana.
28/07/2021 - Aulas presenciais iniciaram dia 21
Coronel Domingos Soares deu início ao segundo semestre letivo no último dia 20, com o Encontro Pedagógico dos professores da rede municipal de ensino, realizado nas dependências da Escola Municipal Professora Aurora Fabrício das Neves Tortelli. Além da diretora do Departamento Municipal de Educação, Daiana Neves de Oliveira, a chefe de gabinete e 1ª dama, Cristiana de Oliveira, o presidente e o vice-presidente da Câmara de Vereadores, Valdir Castanha e João Evandro Tibes, respectivamente, se fizeram presentes na abertura do evento.             Professor Castanha agradeceu a Deus por poderem estar presentes e trabalhar, e falou dos desafios do setor educacional durante a pandemia do novo coronavírus e da valorização dos professores. Professora Daiana agradeceu a todos e parabenizou-os pelo comprometimento nesses tempos atípicos. Na ocasião, leu uma mensagem e falou da capacidade, comprometimento e profissionalismo dos professores da rede municipal de ensino e pediu a todos para resgatarem e acolherem com respeito e carinho as crianças. A diretora de Educação aproveitou a oportunidade para apresentar os novos estagiários, aprovados no Processo Seletivo Simplificado realizado este ano e contratados este mês.             A 1ª dama deu as boas-vindas aos docentes e falou da alegria da administração municipal em poder retornar às aulas presenciais, seguindo todos os cuidados necessários. Cristiana pediu aos jovens estagiários que se dediquem e aproveitem a oportunidade para adquirir conhecimentos e experiências. Destacou o novo material didático adquirido pelo governo municipal, do sistema Aprende Brasil, que, somado à criatividade e ao empenho de cada um renderá excelentes resultados.                         Palestras             Duas palestras fizeram parte do encontro. Pela manhã, o diretor geral do Instituto Federal do Paraná – IFPR – campus Palmas, professor Roberto Carlos Bianchi, proferiu sua palestra, intitulada Ser professor: motivações, trabalho e desafios, onde inspirou a todos contando um pouco de sua trajetória de vida.             À tarde foi a vez da professora Eloíse, do Grupo Educacional Censupeg de Candói, que falou sobre Emoções e Influências na aprendizagem com metodologias ativas, realizando, inclusive, atividades práticas com os presentes.               Aulas             As aulas reiniciaram na quarta-feira, 21, e estão sendo realizadas no formato híbrido, onde enquanto uma parte dos alunos vai à escola outra parte acompanha as atividades remotamente, pela Internet, com o revezamento dos grupos. Daiana explica que, dependendo do número de alunos na turma não é necessário o rodízio.             O Departamento de Educação enfatiza que todos os protocolos e medidas sanitárias estão sendo tomadas para que alunos e profissionais da educação permaneçam em segurança, com a exigência do uso obrigatório de máscara, o distanciamento tanto em sala de aula como fora e a higienização frequente das mãos com água e sabão e álcool em gel.
Atendimento
Segunda à Sexta das 8hrs às 12hrs e das 13:30hrs às 18hrs
Coronel Domingos Soares - PR
Rua Avenida Araucaria Centro - 85557-000
(46)3254-1166
assescom.pmcds@gmail.com
Atualizado Sexta-feira, 30 de Julho de 2021 às 16:44:16