Acessibilidade
A+
Aumentar Fontes
A-
Diminuir Fontes

Inverter Cores

Tons de Cinza

Trocar Cursor
INSTITUCIONAL
NOTÍCIAS
Inicia o calçamento na Rua Trindade Oliveira Flores
Foi iniciada hoje a colocação das pedras irregulares para pavimentação da Rua Trindade Oliveira Flores, atrás do Mercado Santa Fé, onde a equipe de profissionais está trabalhando a todo vapor para a transformação visual de mais esta via urbana.Além desta, a Rua José Salvador também conta com um trecho de pavimentação em fase de conclusão. Nesta quinta-feira a Prefeitura está instalando a tubulação para águas pluviais.Outras ruas também serão contempladas nesta etapa do projeto de pavimentação urbana do governo municipal, como a Rua Amadeus Varela Ribas, Rua Manoel Augustinho de Souza Farias, e mais um trecho da Rua José Salvador. O valor do investimento é de R$ 421.206,15. Ao todo serão pavimentados 8.088,54 metros quadrados. A empresa responsável é a A. J. Oliveira & Cia Ltda – ME.
25/08/2022
Inscrições para concorrer a uma das 29 casas da Cohapar e encerram dia 30
O Departamento Municipal de Ação Social, a pedido da Cohapar (Companhia de Habitação do Paraná), comunica que as inscrições para se candidatar a uma das 29 casas que serão edificadas no loteamento próximo à Machimaq encerram no próximo dia 30 de agosto. Até o momento, 421 famílias estão cadastradas no Cadastro de Pretendentes da Cohapar, disponível no link: https://www.sistemas.cohapar.pr.gov.br/pretendentesOnline/#B. Segundo com a diretora de Ação Social, Angélica Graeff Catapan, muitos cadastros estão incompletos ou com erros, o que invalida os mesmos e prejudica na disputa por uma casa. Desta forma, orienta-se as famílias interessadas a se dirigirem ao Departamento de Ação Social ou à Prefeitura para buscar auxílio no cadastro e/ou atualização. Quem desejar e tiver facilidade pode fazer diretamente pelo link indicado acima. Os cadastros são exclusivamente on-line, e a seleção dos beneficiados é feita pela própria Cohapar, de acordo com a análise dos documentos indicados na inscrição. Caso algo não esteja de acordo a família é excluída. "Peço a todos que se cadastraram e aqueles que ainda não fizeram, mas têm interesse, que nos procurem até o dia 30 para que possamos ajudá-los", orienta Angélica. As casas fazem parte do programa Casa Fácil Paraná, a Cohapar financia diretamente a construção de casas para famílias com renda de um a seis salários mínimos que não tenham sido beneficiadas, em qualquer época, com subsídios diretos ou indiretos provenientes de recursos orçamentários da União ou dos Fundos Habitacionais para aquisição de moradia e que possuam capacidade de pagamento das prestações equivalente a 30% (trinta por cento) da renda familiar mensal bruta.. As condições de pagamento facilitadas incluem a ausência de cobrança de valor de entrada e prestações mensais reduzidas de financiamento, que pode ser quitado em até 360 meses. O valor da obra está estimado em aproximadamente R$ 2.500 milhões, e as casas serão de 43 metros quadrados, 47m² e 50m². Critérios de seleção (Portaria nº 163/2016 e Decreto Estadual nº 6867/2017) - Famílias residentes em áreas de risco ou insalubres ou que tenham sido desabrigadas, comprovado por declaração do ente público; - Famílias com mulheres responsáveis pela unidade familiar, comprovado por autodeclaração; e - Famílias das quais façam parte pessoa(s) com deficiência, comprovado com a apresentação de atestado médico. Famílias beneficiárias por Bolsa Família (PBF) ou Benefício de Prestação Continuada (BPC) no âmbito da Política de Assistência Social, comprovadas por declaração do ente público; Famílias com dependentes menores de 18 anos de idade, comprovados por documento de filiação; - Famílias com ônus excessivo de aluguel, comprovado por recibo ou contrato de aluguel e declaração de renda. - 3% para atendimento de famílias com idosos na condição de titularidade (Lei Federal 10.741/2003), 20% para famílias com mulheres chefes de famílias (Lei Estadual 15.301/2006), 5% de famílias com deficiências entre seus membros (Lei Federal 13.146/2015) 4% para famílias com mulheres protegidas pela Lei Maria da Penha (Lei Estadual 18.007/2014. Lei Estadual nº 20.394, de 4 de dezembro de 2020, disponpivel em: https://www.legislacao.pr.gov.br/legislacao/pesquisarAto.do?action=exibir&codAto=242811&indice=1&totalRegistros=1&dt=9.1.2022.16.50.46.8.
24/08/2022
Ação Social leva Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos a dez comunidades
O Departamento Municipal de Ação Social realiza diariamente os encontros do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV), que é ofertado de forma complementar ao trabalho social com famílias realizado por meio do Serviço de Proteção e Atendimento Integral às Famílias (PAIF) e do Serviço de Proteção e Atendimento Especializado às Famílias e Indivíduos (PAEFI). O serviço tem como objetivo fortalecer as relações familiares e comunitárias, além de promover a integração e a troca de experiências entre os participantes, valorizando o sentido de vida coletiva. O SCFV possui um caráter preventivo, pautado na defesa e afirmação de direitos e no desenvolvimento de capacidades dos usuários. Os usuários do SCFV são organizados em grupos, a partir de faixas etárias ou intergeracionais: - Crianças até 6 anos - Crianças e adolescentes de 6 a 15 anos - Adolescentes de 15 a 17 anos - Jovens de 18 a 29 anos - Adultos de 30 a 59 anos - Pessoas Idosas Atualmente são ofertados encontros periodicamente no Pedregulho, Pedra Branca, Recanto da Natureza (Marcon), De Pauli, Bom Retiro, Ponte do Iratim, Chico André, Nova Iguaçu, Terra Boa e Sede, com aulas de artesanato, acompanhamento psicológico, palestras entre outras atividades. Na foto, moradoras da comunidade Recanto da Natureza (antigo Marcon), que participaram recentemente de oficina de artesanato com a instrutora Simone Wrublok. Para participar do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos, o cidadão deve procurar o Centro de Referência da Assistência Social (CRAS).
24/08/2022
Segunda Audiência Pública para Revisão do Plano Diretor será dia 1º de setembro
A Prefeitura de Coronel Domingos Soares está revisando o Plano Diretor Municipal e, dentro das fases de reelaboração, no próximo dia 1º de setembro ocorrerá a 2ª Audiência Pública, às 18h30, no auditório da Câmara de Vereadores.             De acordo com a coordenadora da RPDM, engenheira civil Keury Fabris Marcon, esta audiência marca a conclusão da segunda etapa, que é a parte da Análise Temática Integrada, que compreende o levantamento das áreas aptas, inaptas, o mapeamento da ocupação do solo, possíveis áreas para expansão urbana, capacidade de atendimento dos equipamentos públicos como escolas, creches, posto de saúde e o serviço público, infraestrutura, que atende a realidade, o meio ambiente, condições de moradias mobilidade urbana, acessibilidade e ainda a capacidade de investimento do Município, para posteriormente visar à última fase que é de Ação e Investimentos.             “O Plano Diretor é planejar o desenvolvimento da cidade. E para isso nos vem uma leitura da adequação da realidade da cidade, por isso que não existe um plano diretor modelo, somente as diretrizes que o Estatuto da Cidade nos traz, com uma adequação local”, comenta a engenheira, ressaltando que nesta etapa foi realizado um levantamento da situação atual através da Análise Temática, e quais são suas problemáticas e as demandas locais. “Por isso deve-se ter a participação social, para fazer o pensamento estratégico, ou seja, com um olhar a longo prazo. Colocamos caixinhas distribuídas em alguns locais para coletar sugestões para melhorias. As contribuições que a população apresentou na oficina e ainda nas caixinhas servirão de embasamento para a próxima fase, que será as diretrizes e propostas para o desenvolvimento”, explica Keury.             A elaboração do novo PDM terá quatro fases, sendo elas: I- Mobilização; II- Análise Temática Integrada; III- Diretrizes e Propostas para uma cidade sustentável; IV- PAI (Plano de Ação e Investimentos) e Institucionalização do PDM.             Segundo a Confederação Nacional de Municípios (CN), a cidade cumpre sua função social quando se torna acessível para todos os seus cidadãos. Isto significa que os bens e equipamentos urbanos de saúde, educação, assistência social, habitação, saneamento, lazer, emprego e renda devem ser usufruídos por todos, independentemente de sua condição social. Já a função social da propriedade urbana está diretamente associada ao bem-estar geral da coletividade. A propriedade não deve atender exclusivamente aos interesses do indivíduo-proprietário, mas sim da sociedade que compartilha o espaço.             “Queremos um Plano Diretor participativo, sendo assim convidamos a população para participar da 2ª Audiência Pública, onde abordaremos, juntamente com a Equipe Técnica, Conselho Municipal da Cidade e a população, todo esse levantamento, para darmos seguimento com as propostas de mudanças”, conclui a engenheira civil da Municipalidade e coordenadora da RPDM.
24/08/2022
Vila Rural Alberto Carraro terá campo de futebol com grama sintética
Foi publicada nesta quarta-feira, 24, a Ordem de Serviço nº 04/2022, que autoriza o início da execução da construção do campo de futebol com grama sintética, do programa Meu Campinho, na Vila Rural Alberto Carraro, conseguido pelo governo municipal com a Secretaria de Estado do Desenvolvimento Urbano e de Obras Públicas. Conforme o setor de Engenharia da Prefeitura, a obra, que iniciará na próxima segunda-feira (29), será edificada entre a igreja e o salão comunitário, sendo um local de fácil acesso para todos os beneficiados. A empresa executora será a Sport Comercial Ltda, de Curitiba, e o valor do investimento será de R$ 433.421,80. Destes, R$ 259.350,00 são de repasse e R$ 174.071,80 de contrapartida do Município. O convênio foi celebrado entre a SEDU, o Serviço Social Autônomo Paranacidade, e o Município. "Este campo era um sonho da comunidade da Vila Rural, e nós conseguimos direcionar para que fosse contemplada. Agora, sim, está prestes a se tornar realidade. Será mais um local para o lazer, a prática esportiva e para cuidar da saúde", relata o prefeito Jandir Bandiera, complementando que o governo municipal está buscando a viabilização da pavimentação da comunidade. Esta havia sido conseguida, porém os recursos eram para pavimentação rural e, como documentalmente a Vila Rural pertence ao quadro urbano, a utilização da verba para esta obra se tornou imprópria. No entanto, a gestão continua dialogando com deputados e governos para que esta pavimentação seja feita. "Ainda estamos correndo atrás da pavimentação de toda a Vila; é um compromisso meu e do Lio que faremos tudo o que for possível para realizar", enfatiza Bandiera. O governo domingosoarense pede, desde já à população, que ajude a cuidar, zelar e fiscalizar a obra, durante e após sua conclusão, para que todos possam desfrutar continuamente de um espaço digno e aconchegante para esporte, lazer e encontros da comunidade.
24/08/2022
Prefeitura está revisando o plano de carreira do magistério público municipal
O governo de Coronel Domingos Soares está realizando reuniões e estudos para a reformulação do plano de carreira do magistério público municipal, revisado a cada biênio. O plano de carreira do magistério deve contemplar itens como a formação inicial e continuada, o processo de escolha dos diretores das escolas, o número máximo de alunos por sala de aula, o sistema de avaliação, uma progressão funcional.             De acordo com a diretora do Departamento Municipal de Educação, professora Daiana Neves de Oliveira, o plano de carreira vai muito além do compromisso do Município com a remuneração dos profissionais do magistério. Ele organiza a vida funcional da categoria, promove a qualidade da educação e atrai para a carreira bons profissionais. “Desde que assumimos temos a valorização dos profissionais da educação como uma das metas, não só dos professores, como de todos os agentes. Estamos reformulando o plano de carreira para atingir essa meta, de acordo com o que está dentro da lei e com o que o Município pode”, explica a diretora.             Conforme a coordenadora pedagógica responsável pela coordenação da revisão do plano, professora Carla Bervig de Almeida, cada escola tem um representante, que participa das reuniões, leva as informações para suas instituições e traz um feedback para a equipe. “Estamos muito felizes e temos abordado várias situações. É uma administração aberta, é a gestão que mais está olhando com foco na educação. Já tivemos muitas conquistas desde a emancipação, mas esta gestão tem um olhar diferenciado e acredito que este plano será organizado da forma como todos os professores almejam, passando pela Casa de Leis, onde será aprovado e sancionado pelo prefeito”, comenta a pedagoga.             Numa construção democrática e participativa, o plano de carreira do magistério público municipal de Coronel Domingos Soares tem a contribuição do Sindicato dos Professores Municipais, assessoria jurídica, professores e comunidade, todos com um mesmo fim, que é a valorização dos profissionais da educação.             “Estamos fazendo reuniões para colocar no papel e posteriormente fazer uma audiência pública com todos os professores e a população em geral para aprovarmos esse plano. Sem os professores a educação não existe; toda profissão passa pelas mãos dos professores, então nada mais justo do que valorizá-los como devem ser valorizados”, conclui professora Daiana.             O Departamento Municipal de Educação está à disposição para acolher contribuições de toda a classe e da população em geral, promovendo uma gestão participativa, onde as pessoas ajudam a conduzir os rumos da Municipalidade.
22/08/2022
Cultura oferece aulas gratuitas de Zumba
Criada na Colômbia na década de 90, a Zumba já foi levada para cerca de 200 países, entre eles o Brasil. Em Coronel Domingos Soares, o Departamento Municipal de Cultura e Turismo oferece aulas gratuitas desta modalidade de dança com exercícios físicos.Misturando movimentos aeróbicos com ritmos e coreografias latinas, como a salsa, mambo, merengue e reggaeton, a zumba promove o condicionamento físico de forma geral, com maior destaque para o treino cardiovascular e a região das pernas e glúteos.E engana-se quem pensa que a zumba é só diversão. Mesmo sem utilizar aparelhos, a atividade é intensa e cada aula de uma hora pode queimar de 300 a 500 calorias, já que trabalha com exercícios aeróbicos que aumentam a frequência cardíaca, promovendo a queima de gordura.Além disso, a zumba traz inúmeros benefícios para a saúde física e mental: Melhora a condição cardiovascular. Promove a tonificação muscular. Proporciona uma oportunidade de socialização. Desenvolve a sensualidade. Aumenta a autoestima. Favorece o equilíbrio. Trabalha a percepção espacial e coordenação motora. Alivia o estresse.As aulas acontecem nas terças, das 17h às 17h45 e das 18h30 às 19h30, e nas quintas, das 18h30 às 19h30. Quer participar?Faça sua matrícula e desfrute dos benefícios da Zumba!
18/08/2022
Prefeitura prepara Desfile de 7 de Setembro
Depois de dois anos de desfiles suspensos devido à pandemia da Covid-19, a Prefeitura de Coronel Domingos Soares volta a realizar as comemorações da Independência do Brasil. A organização do Desfile Cívico está a cargo dos departamentos de Educação e Cultura e Turismo.Além de recordar os 200 anos do "Grito do Ipiranga", o desfile deste ano terá como tema Literatura Infantil para as escolas municipais."O sete de setembro é um momento de demonstrarmos publicamente nosso amor e respeito pelo Brasil, por isso convidamos a todos para prestigiarem este bonito ato cívico", comenta o prefeito Jandir Bandiera, convidando os domingosoarenses.
18/08/2022
Voltar
Atendimento
Segunda à Sexta das 8hrs às 12hrs e das 13:30hrs às 18hrs
Coronel Domingos Soares - PR
Rua Avenida Araucaria Centro - 85557-000
(46)3254-1166
assescom.pmcds@gmail.com
Atualizado Quarta-feira, 01 de Fevereiro de 2023 às 11:01:51